Artigos

Casa têm flores pintadas à mão
Postado em

Fonte: Casa Vogue
 

Reza a lenda que há mais de um século atrás, querendo deixar suas casas mais bonitas para o feriado de Corpus Christi, as moradoras de Zalipie, uma pequena vila a cerca de uma hora de Cracóvia, na Polônia, começaram a pintar as paredes e até o teto de suas casas com flores coloridas que ajudavam a disfarçar as marcas de fuligem feitas pelo fogão.


 

As estampas foram aos poucos se tornando um costume local e, em 1948, inspiraram The Painted Cottage, uma competição de pintura na qual homens e mulheres criam ou retocam os seus próprios arranjos florais nas paredes das casas, ao redor das janelas e das portas. A disputa, segundo os locais, surgiu como uma forma de ajudar o país a se recuperar psicologicamente dos horrores da Segunda Guerra Mundial.



Até hoje, a cidade encanta turistas com suas cores e pinturas delicadas - que agora estão por toda parte, do interior das igrejas às pontes e até mesmo em casinhas de cachorro. Para quem passa pela vila, a parada obrigatória é o Museu de Felicja Curyłowa, a mais famosa das pintoras da pequena cidade. A senhora que faleceu em 1974 estampou três casas inteiras, por dentro e pro fora, e - segundo relatos de viajantes - inspira a todos a voltar para casa e sair pintando as paredes com o máximo de cores possíveis! Será?