Dicas

Decoração hipster

Fonte: Revista Casa e Jardim

Balcão de mármore, pendentes, tijolo aparente e muito mais

COZINHA | O ambiente é separada visualmente do living pela bancada em mármore São Gabriel, executada pela Potenza Mármore. A peça ganhou um complemento em madeira de demolição rústica, produzida pela Marcenaria Arthouse, com pés em alumínio. Os pendentes  (Foto: Sidney Doll/Divulgação)
(Foto Sidney Doll/Divulgação)

Pendente de luz
Os moradores deste apê queriam um espaço descolado, com cara de loft nova-iorquino e estilo rústico. Uma das soluções encontradas pela arquiteta Thaisa Camargo foram os pendentes produzidos por ela exclusivamente para o projeto.

O tubo de néon instalado no quarto traz luz fria branca para combinar com o cimento queimado que reveste as paredes. Projeto do Studio Boscardin.Corsi (Foto: Eduardo Macarios / Divulgação)
(Foto Eduardo Macarios / Divulgação)

Cimento queimado
Este apartamento segue o estilo de decoração escandinavo, que prioriza o uso de materiais simples. O cimento queimado que reveste as paredes do quarto combina com o tubo de néon, que traz luz fria branca. Projeto do Studio Boscardin.Corsi.

banheiro-ladrilho-hidráulico-base-branca-fernanda-neiva (Foto: Lufe Gomes/Editora Globo)
(Foto Lufe Gomes/Editora Globo)

Ladrilho Hidráulico
Com a base branca, a decoração deste banheiro ficou ousada com o divertido mosaico de cores dos ladrilhos hidráulicos no piso. O contraste fez com que o banheiro ficasse aconchegante. Projeto comandado pela arquiteta Fernanda Neiva.

Cozinha. Junto à ilha com mármore piguês, a parede é revestida de plaquetas de tijolos Brick Mattone Rosso da Lepri com rejunte e pintura brancos (Foto: Edu Castello / Editora Globo)
(Foto Edu Castello / Editora Globo)

Balcão de mármore
Projeto dos arquitetos Luis Bernardini, Marcelo Nunes e Thais Aquino, do dt.estudio, a cozinha deste apartamento ganhou acabamentos com materiais nobres, como é o caso da ilha com mármore piguês, deixando o ambiente elegante.

Canto social | Luminária Dandelion, de Richard Hutton na Firma Casa, e fícus lira escolhido por Dani Ruiz, assim como os terrários sobre a mesa central, que é uma antiga peça de família. Almofadas da Codex Home sobre o sofá, que foi reformado (Foto: Edu Castello/Editora Globo)
(Foto Edu Castello/Editora Globo)

Terrário
Os moradores deste apartamento de 450 m² queriam que seus ambientes fossem elegantes e aconchegantes. Para isso, a paisagista Dani Ruiz complementou a decoração com terrários, posicionados sobre a mesa central. Projeto do designer Gabriel Valdivieso.

A sala de jantar ganhou uma parede revestida com tijolos Pasinato. Mesa de jantar e cadeiras da Carbono Design. O buffet foi desenhado pelo escritório Drops e executado pela REM Marcenaria. Luminárias à venda na Reka (Foto: Julia Ribeiro/Divulgação)
(Foto Julia Ribeiro/Divulgação)

Tijolo aparente
O tijolo aparente é uma ótima opção para dar um ar mais jovem aos ambientes. Nesta sala de jantar, a parede foi revestida com tijolos Pasinato que contrasta com a decoração neutra. Projeto das arquitetas Juliana Moyses e Mariana Paoli, do escritório Drops Arquitetura.

Com ladrilho hidráulico e banheira originais do apartamento, fisga os olhos pela simplicidade, com projeto feito anteriormente pelo arquiteto Bruno Batistela. No alto, luminária Pudim com hera da Prototype; no piso, terrários da Lá da Naná (Foto: Marco Antonio / Editora Globo)
(Foto Marco Antonio / Editora Globo)

Escada
Este projeto do arquiteto Bruno Batistela chama atenção pela sua simplicidade. Muitos dos elementos podem ser considerados alternativos, como o ladrilho hidráulico e os terrários, mas o destaque vai para a escada, que serve como apoio para as toalhas.

O destaque da sala jantar é a fotografia de Fernando Velázquez, que ocupa boa parte da parede. As cadeiras escolhidas pela arquiteta Bruna Riscali são de Charles Eames. A passadeira bordada foi trazida do México (Foto: Victor Affaro/Casa e Jardim)
(Foto Victor Affaro/Casa e Jardim)

Cadeira Eames
Com tom neutro, as cadeiras Eames usadas neste décor permitem que as cores quentes sejam exploradas em outros acessórios, como os vasos e a passadeira. Projeto da arquiteta Bruna Riscali.

Escritório | O ambiente mais divertido do lar é o escritório. A mesa de nanoglass amarela da Carioca Granitos dá um toque especial ao cômodo, junto com a parede de lousa. Prateleiras planejadas pela Stanza Móveis (Foto: Maurício Pokemon/Divulgação )
(Foto Maurício Pokemon/Divulgação)

Parede de lousa
A parede de lousa é uma ótima opção para deixar o ambiente mais divertido. Nesse escritório, o elemento dá um toque especial ao espaço. Projeto da arquiteta Tássia Carvalho e seu marido, o engenheiro Kássio Rodrigues.

Living. O sofá da Dpot veio da casa da irmã da moradora – apenas ganhou novo revestimento com tecido da JRJ. Composição de quadros da Urban Arts, luminária da Lumini, mesa lateral da Estar Móveis, tapete da Punto e Filo (Foto: Victor Affaro / Editora Globo)
(Foto Victor Affaro / Editora Globo)

Composição de quadros
Os quadros de diferentes cores e tamanhos são ótimos para complementar uma decô, principalmente se a paleta de cores for neutra. Projeto da arquiteta Flávia Gerab.