Projeto

Madeira em diversas versões em apto de 140 m²
Postado em 21/03/2017

Fonte: Casa Vogue

 
Freijó e ipê, lisos ou em ripas, revestem o lar de um jovem casal paulistano
 
Além de ser um material durável, a madeira tem o poder de deixar qualquer ambiente aconchegante. Mas como utilizá-la em sua totalidade, revestindo piso, paredes e móveis, misturando tipos diferentes, e não errar na mão? Este apartamento em São Paulo, onde vive um jovem casal, é um belo exemplo.
 

Projeto de Ricardo Caminada e Daniela Cianciaruso, sócios do escritório Díptico, a residência possuía 140 m² e, depois de ter algumas de suas paredes colocadas a baixo para integrar cozinha e sala, foi a vez de partir para os revestimentos - no caso, a madeira, que ganhou diversas interpretações.
 
 

Segundo a dupla, o material foi uma sugestão para dar o tom "rústico, descontraído e chique" elaborado como conceito do projeto. Logo na entrada, um painel ripado de freijó divide sutilmente a entrada da sala de jantar, direcionando o olhar para o estar e, do lado oposto, servindo de pano de fundo para um mini bar. 
 
 

O freijó predomina na área social integrada, harmonizado com o piso de ipê que já habitava o apartamento. O material surge ora de forma ripada, no painel de TV e na divisória do hall, ora como uma superfície lisa para um pilar da cozinha disposta em ilha. Note que, para deixar a marcenaria mais leve, os arquitetos não seguiram com o revestimento até o teto, parando na altura da viga que divide sala da cozinha. 
 
 

No living, o sofá da com almofada de nó, o tapete da Botteh e a banqueta da Tidelli empregam o off-white, enquanto a mesa lateral e a banqueta, ambas do Estudiobola, e a poltrona de Sergio Rodrigues (Dpot) seguem na madeira. O centro de mesa da Carbono Design destaca o cinza, mesma cor utilizada na cozinha. 
 

A nuance acinzentada aparece em armários com visual clássico, execução da Bontempo. Ali, o piso recebeu um porcelanato neutro (Portobello), em função da praticidade para o dia a dia. O tampo traz um silestone Whitestorm da Villa Della Pietra.
 

Nos quarto, o freijó se mantém em cena, servindo como uma cabeceira inteiriça, feita sob medida para acoplar também os criados-mudos. Simples, prático e atemporal!